ESTRATÉGIAS NO VAREJO DE ALIMENTOS: UM ESTUDO COM ANÁLISE FATORIAL E DE CLUSTERS

Carlos Sérgio Melo do Rêgo Monteiro, Bruno Rodrigues Silva, Rodrigo Ladeira

Resumo


Este estudo se propõe a identificar a aplicabilidade de estratégias de diferenciação para supermercados de pequeno e médio porte. Dessa forma, são tomados como referência os temas relacionados à estratégia e a vantagem competitiva, configurando os elementos de competitividade responsáveis pela percepção de valor ao cliente. O estudo se consolidou através do desenvolvimento de duas etapas: a primeira, exploratória, que tratou da revisão do referencial teórico e construção do modelo de análise; e, a segunda, de cunho conclusivo, a qual se concretizou mediante a realização de uma Survey junto aos potenciais consumidores dos supermercados de bairros periféricos da cidade de Salvador - Bahia. Após a realização da pesquisa de campo, elaborou-se as análises fatorial e de cluster dos resultados obtidos. Além disso, foram aplicados testes Kaiser-Meyer-Olklin, Bartlett e Alpha de Cronbach para a consolidação do construto e validação dos resultados. As informações extraídas da pesquisa identificaram a maneira como estratégias de diferenciação podem ser direcionadas por supermercados de pequeno e médio porte, materializando a percepção dos seus clientes em vantagens competitivas no processo de concorrência.

Palavras-chave


Marketing. Diferenciação. Supermercado.

Texto completo: PDF

Gestão & Planejamento. ISSN eletrônico (on-line/e-line) 2178-8030
ISSN impresso 1516-9103