GESTÃO DO DESEMPENHO HUMANO: UM ESTUDO DAS PEQUENAS EMPRESAS DO SETOR INDUSTRIAL DO MUNICÍPIO DE GUARULHOS

Eduardo de Camargo Oliva, Silmara Ferraz

Resumo


A sobrevivência da organização alicerça-se num quadro de pessoas qualificadas e aptas a conferir-lhe crescente competitividade. Gerir o desempenho humano visto sob a ótica de um cenário de crescentes exigências, aproximará a organização de outras organizações que competem regional e globalmente. O objetivo desta pesquisa foi identificar as práticas de gestão do desempenho adotadas por gestores de pequenas empresas do setor industrial do município de Guarulhos. Este estudo exploratório de natureza quantitativa teve os dados analisados por meio do teste T e análise de variância (ANOVA) para verificar se havia diferença entre as médias, e o teste Qui-quadrado para verificar se as diferenças entre as respostas são estatisticamente significativas. Assim, 198 gestores destas empresas foram pesquisados e os dados obtidos comparados com os fatores teóricos do referencial de Rummler e Brache (1994). Os resultados evidenciaram que as pequenas empresas avaliam adequadamente o desempenho de seus funcionários através de ferramentas específicas; que os funcionários possuem autonomia e recursos suficientes para desempenharem suas tarefas; que desempenhos superiores são reconhecidos, mas não são pagos financeiramente; que os gestores dão feedback e que os funcionários possuem conhecimentos e habilidades para desempenharem suas tarefas.

Palavras-chave


Desempenho humano; Gestão do desempenho; Avaliação de desempenho.

Texto completo: PDF

Gestão & Planejamento. ISSN eletrônico (on-line/e-line) 2178-8030
ISSN impresso 1516-9103