ASSÉDIO MORAL: UM ESTUDO DE CASO NO SETOR DE MINERAÇÃO

Athos Ferreira Silva Junior, Zélia Miranda Kilimnik, Luiz Cláudio Vieira de Oliveira, Esther Leopoldo Lage

Resumo


O assédio moral é um tema recente e complexo que tem sido fonte de estudos desde o final do século XX, envolvendo questões relacionadas ao comportamento humano tais como o poder, a percepção e a subjetividade. O objetivo deste estudo foi verificar como se manifesta o assédio moral em empregados terceirizados de limpeza de uma grande empresa mineradora brasileira. Trata-se de um estudo de caso descritivo com abordagem quantitativa e qualitativa de dados, envolvendo a aplicação de questionário composto de questões fechadas e abertas em 64 empregados - 59 serventes de limpeza e cinco supervisores administrativos - e a realização de uma entrevista semi-estruturada com o proprietário da empresa terceirizada. Do total de pesquisados, 84,4% relataram sofrer pelo menos um tipo de assédio moral, sendo que os mais frequentemente apontados foram o acúmulo indiscriminado de trabalho e a atribuição incessante de novas tarefas. Essa prática sistemática de assédio moral provocou queda na produtividade, elevado número de afastamentos médicos, assim como rotatividade da mão-de-obra, tendo como efeito secundário um elevado custo com exames admissionais e indenizações. E todos estes eventos acabaram por resultar na liquidação judicial da empresa terceirizada e, consequentemente, no desemprego de outros funcionários. Pode-se concluir, então, que esta empresa, sua diretoria, assim como demais empregados também foram vítimas indiretas do assédio moral, demonstrando que os efeitos negativos desta prática podem se irradiar para outras esferas.

Palavras-chave


Estudos Organizacionais

Texto completo: PDF

Gestão & Planejamento. ISSN eletrônico (on-line/e-line) 2178-8030
ISSN impresso 1516-9103